Baú de Memórias

O Próprio

Olhares para Guardar

O Carteiro

Gosto de retratos espontâneos.

 

Alguma força estranha atrai

o meu Olhar naquele momento.

Fixo um sentimento, uma emoção

que perpassa por Outro Olhar.

 

Não há segunda oportunidade,

não é possível, como na pintura,

na escrita, ou no trabalho

de estúdio, repetir, alterar,

reescrever, ensaiar, optar.

 

O que resulta é, assim,

um momento, um instante único,

imperfeito e irrepetível.

 

Como a Vida.

OLHAR

OUTROS

OLHARES

Music by Victor Gama

Todas as imagens e textos originais © 2015 JMPhoto | João Martins Pereira

Isa Design